Location

Rua Jaú 21, Barueri, SP
Fale conosco
Endereço:Rua Jaú 21, Barueri, SP

Tabela de Rosca NPT e BSP

A seleção apropriada de roscas é crucial em sistemas de tubulação e conexões industriais, garantindo a segurança, eficiência e confiabilidade das instalações. Entre os padrões mais comuns globalmente, encontram-se as roscas NPT (National Pipe Thread) e BSP (British Standard Pipe). Este artigo fornece um guia detalhado sobre as tabelas de roscas NPT e BSP, abordando suas características, aplicações e como escolher a opção correta para cada necessidade industrial.

Entendendo as Roscas NPT

As roscas NPT, sigla para National Pipe Thread, são padrões de roscas cônicas utilizadas principalmente na América do Norte. São ideais para conexões onde é necessária uma vedação estanque, como em sistemas pneumáticos, hidráulicos e de gás. A característica distintiva da rosca NPT é seu design cônico, que permite uma melhor selagem através da deformação do material, garantindo uma conexão estanque.

Características Principais

  • Perfil Cônico: A inclinação e o diâmetro da rosca mudam ao longo do comprimento, proporcionando uma vedação eficaz.
  • Padrão de Medida: Utiliza o sistema imperial de medidas, com o tamanho expresso em polegadas.
  • Aplicações: Amplamente usado em sistemas de tubulação que transportam líquidos, gases e vapores sob pressão.

Compreendendo as Roscas BSP

Por outro lado, as roscas BSP (British Standard Pipe) são amplamente utilizadas fora da América do Norte, especialmente em países europeus e da Comunidade Britânica. Existem dois tipos principais de roscas BSP: paralelas (BSPP) e cônicas (BSPT).

Roscas BSPP (Paralelas)

  • Perfil: As roscas BSPP têm um perfil paralelo, o que significa que o diâmetro da rosca é constante ao longo de seu comprimento.
  • Vedação: A vedação é geralmente alcançada por meio de um anel de vedação ou arruela, não pela interação das roscas.
  • Aplicações: Comum em aplicações onde a vedação contra pressão não é realizada pela rosca, como sistemas de água fria e quente.

Roscas BSPT (Cônicas)

  • Perfil: Assim como as NPT, as BSPT são cônicas, proporcionando uma vedação eficaz pelo contato metal-metal.
  • Aplicações: Utilizadas em aplicações que exigem uma vedação estanque, semelhantes às NPT, mas seguindo o sistema métrico.

Escolhendo Entre NPT e BSP

A escolha entre NPT e BSP depende de vários fatores, incluindo a região de aplicação, requisitos de vedação e padrões industriais específicos do projeto. Em geral, a norma NPT é preferida em ambientes norte-americanos, enquanto a BSP é mais comum em contextos internacionais.

Considerações Importantes

  • Compatibilidade: Certifique-se de que a escolha da rosca é compatível com os padrões de equipamentos e acessórios utilizados.
  • Vedação: Avalie o tipo de vedação necessária para a aplicação específica, escolhendo entre roscas paralelas ou cônicas conforme a necessidade de vedação estanque.
  • Normas e Regulamentos: Considere as normas locais e internacionais aplicáveis ao projeto para garantir a conformidade e segurança.

Tabelas de Rosca NPT

Diâmetro Nominal (DN)Diâmetro Externo (DE)Passo (P)Número de Roscas por Polegada (TPI)
1/16″0.3125″2727
1/8″0.405″2727
1/4″0.54″1818
3/8″0.675″1818
1/2″0.84″1414
3/4″1.05″1414
1″1.315″11.511.5
1 1/4″1.66″11.511.5
1 1/2″1.9″11.511.5
2″2.375″11.511.5
2 1/2″2.875″88
3″3.5″88
4″4.5″88

Tabelas de Rosca BSP

Diâmetro Nominal (DN)Diâmetro Externo (DE)Passo (P)Número de Roscas por Polegada (TPI)
1/8″0.383″2828
1/4″0.518″1919
3/8″0.656″1919
1/2″0.825″1414
3/4″1.041″1414
1″1.315″1111
1 1/4″1.66″1111
1 1/2″1.9″1111
2″2.375″1111
2 1/2″2.875″1111
3″3.5″1111
4″4.5″1111

As tabelas de rosca NPT e BSP fornecem informações detalhadas sobre os diferentes tamanhos e especificações das roscas. Incluem diâmetro externo, passo da rosca, ângulo e comprimento de engajamento recomendado para uma vedação eficaz. Essas tabelas são ferramentas indispensáveis para engenheiros e técnicos na seleção correta das roscas para suas aplicações.

Utilizando as Tabelas

Ao consultar as tabelas, é crucial identificar o diâmetro nominal (DN) da tubulação ou conexão, o tipo de rosca (NPT, BSPP ou BSPT) e então verificar as especificações correspondentes na tabela. Isso assegura que a seleção da rosca seja apropriada para a pressão de operação, temperatura e meio transportado pelo sistema de tubulação.

Conclusão

A compreensão das diferenças entre as roscas NPT e BSP, bem como a capacidade de utilizar suas tabelas específicas, é essencial para profissionais da indústria responsáveis pela especificação, projeto e manutenção de sistemas de tubulação. A escolha correta não apenas garante a eficiência e segurança das instalações, mas também evita problemas de compatibilidade e vazamentos, que podem resultar em paradas não planejadas e custos adicionais. Portanto, uma avaliação cuidadosa das necessidades do projeto e a consulta às tabelas de roscas são etapas fundamentais no processo de seleção de conexões de tubulação.